Entenda o rótulo dos alimentos

Receitas enviada por Cozinha Saúde

0 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 5 (0 votos, média: 0,00 de 5)
Efetue login para avaliar esta receita.

image_pdfimage_print

Hoje em dia, é forte a presença legislativa na área de saúde, é obrigatório que os alimentos tragam informações importantes em suas embalagens, para que seu consumo possa ser feito de forma criteriosa e segura pelos consumidores. Porém, nem sempre quem está comprando sabe interpretar estas descrições e com isto erros podem ocorrer!
Pensando em esclarecer um pouco mais sobre esse assunto, vamos destrinchar o rótulo dos alimentos para que fique mais fácil o entendimento para todos, assim, na hora de comprar o alimento, vocês saberão interpretar o que consta nas embalagens.
Então vamos lá..

1 – % VD: Significa dizer quanto o produto representa de energia e nutrientes em uma dieta de 2.000 calorias.

2- VALOR ENERGÉTICO: É a energia que o alimento produz no corpo. Aparece como quilocalorias (kcal) e quilojaules (kJ). Consumo diário indicado: 2.000 kcal ou 8.400 kJ.

3- CARBOIDRATOS: São os compostos energéticos presentes em massas, arroz, açúcar, mel, pães, farinhas e tubérculos como batata.

4- PROTEÍNAS: São necessárias para manter órgãos, tecidos e células saudáveis. Encontradas em carnes, ovos, leites e derivados e leguminosas tais como, feijão.

5- GORDURAS TOTAIS: Referem-se à soma de todas as gorduras de um alimento. Fontes de energia ajudam na absorção das vitaminas A, D, E e K.

6- GORDURAS SATURADA: Estão presentes em alimentos de origem animal, podem aumentar o colesterol ruim e os riscos de doenças do coração.

 7- GORDURAS TRANS: A ingestão deste tipo de gordura deve ser reduzida, pois o corpo não precisa dela. São encontradas em alimentos industrializados tais como margarina, biscoitos, sorvetes e frituras.

8- FIBRA ALIMENTAR: Melhora o funcionamento do intestino. Pode ser encontrada em alimentos integrais e de origem vegetal tais como frutas e hortaliças.

 9- SÓDIO: Está presente no sal de cozinha e em alimentos industrializados tais como salgadinhos, embutidos, enlatados etc. Em excesso pode elevar a pressão arterial.

10- DIET: Alimentos com restrição de nutrientes, como carboidrato, gordura, proteína ou sódio. Um chocolate diet, por exemplo, não contém açúcar.

 11- LIGHT: São produtos que apresentem redução mínima de 25% em determinado nutriente ou calorias comparado com o alimento convencional.